O Direito à Cidade – debates sobre o PDM

 

– ciclo de debates sobre a Revisão do PDM do Porto

 

Associações, grupos, iniciativas, que atuam na região do Porto concertaram esforços para lançarem um ciclo de debates de entrada livre a propósito da revisão em curso do Plano Diretor Municipal do Porto.

Os sete debates decorrerão todos eles nas instalações da Ordem dos Arquitetos, na Rua Álvares Cabral n.º 144 (do lado direito de quem sobe, mais perto da Rua de Cedofeita que da Praça da República).

As inscrições para cada debate serão gratuitas mas necessárias para garantir vaga a cada inscrito no e-sítio da Ordem dos Arquitetos – Norte:

http://www.oasrn.org/cultura.php?id=495

O ciclo terá ainda o apoio da Rádio Manobras, que colocará em linha uma gravação de cada debate após a realização.
ra da Universidade de Lisboa; e Miguel Bandeira, Vereador do Urbanismo na Câmara Municipal de Gaia.

3. Estrutura ecológica municipal, verde urbano e biodiversidade
26 de novembro de 2017

O terceiro debate deverá ser moderado pelo jornalista Abel Coentrão (secção Local Porto do jornal Público) e contará em princípio como primeiros intervenientes com Paulo Farinha Marques, arquiteto paisagista, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto; Nuno Gomes Oliveira, biólogo, criador do Parque Biológico de Gaia e diretor da Reserva Natural Local do Estuário do Douro; e Serafim Riem, economista, especialista em arboricultura, fundador da Quercus e do FAPAS, de que é atualmente presidente executivo.

4. Mobilidade e Transportes
14 de janeiro de 2017

Para este debate estão a ser feitos contactos e convites, de modo a termos, como principais intervenientes, Avelino Oliveira, Doutor-Arquiteto, Secretário Executivo da Área Metropolitana do Porto; Patxí Lamíquiz, Doutor-Arquiteto pela Universidad Politécnica de Madrid, da ETSAM – Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Madrid, Mestre em Planeamento Urbano e Territorial, que se tem debruçado sobe arquitetura e peões, e a ideia de cidade passeável; José Marcos, ativista do movimento Massa Crítica e do MUBI – Associação para a Mobilidade Urbana em Bicicleta, Fernando Magalhães, arquiteto e urbanista, ligado aos movimentos de utentes de transportes; e Manuel João Ramos, antropólogo, professor no ISCTE, Lisboa, e fundador da ACA-M – Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados.

5. Urbanismo bioclimático
4 de fevereiro de 2017

Este debate, que será coordenado pela Campo Aberto e moderado por Olívia Guerra, arquiteta, deverá ter como principais intervenientes Ester Higueras García, arquiteta na ETSAM – Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Madrid, doutorada com uma tese sobre desenho bioclimático de assentamentos urbanos; Fernando Brandão Alves, professor associado na FEUP – Faculdade de Engenharia do Porto; autarcas do município de Vitoria-Gasteiz, Espanha; e António Rocha e Silva, engenheiro, do LNEG – Laboratório Nacional de Energia e Geologia, autor de Edifício Solar XXI e Casa Termicamente Optimizada: a Arquitectura Passiva no LNEG, publicado pelo Ministério da Economia e da Inovação em 2015.

6. Gestão de resíduos urbanos
25 de fevereiro de 2017

Debate coordenado pelas associações AMO Portugal, Campo Aberto e Quercus, e que será moderado por Elisabete Moura, deverá ter como principais intervenientes: Carmen Lima, responsável pelo Centro de Informação sobre Resíduos da Quercus; um representante da LIPOR – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto; Lindsey Wuisan, fundadora da organização Circular Economy Portugal, que se define como a plataforma para uma sociedade sem desperdício; e Joan Marc, de Barcelona, da organização europeia Zero Waste (Lixo Zero).

7. Cidade sustentável: ambiente, sociedade, economia
11 de março de 2017

Este último debate, síntese da visão de cidade que se pretende que o PDM tenha em vista e sirva, será coordenado pela Organização para a Promoção de Ecoclubes e pelo Espaço Musas, e deverá ter como oradores Jacinto Rodrigues, professor jubilado da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, autor de numerosos livros e pioneiro em Portugal da ecologia e da sustentabilidade; Sara Silva, arquiteta paisagista, fundadora do grupo Porto de Raiz, coorganizadora do Festival Cidade Mais; João Seixas, especialista em planeamento, e ainda representantes de movimentos e iniciativas como Porto em Transição, Ecosol, Escola Viva, Rendimento Básico Incondicional e outros movimentos de renovação da vida social e urbana.

Gradualmente irão sendo dadas mais informações sobre estes debates, incluindo especificações sobre os conteúdos de cada um deles e sobre os intervenientes, bem como sobre os objetivos gerais do ciclo.

 

Leave A Comment