Basco é o poeta do ROMP de 10 de maio

 

Basco é o poeta da sessão n.º30 do ROMP – Recitais Ociosos do Musas/Poesia, num encontro excecionalmente marcado para dia 10 de maio, sexta-feira (o ROMP costuma decorrer na última sexta do mês).
BIO Basco: Basco – Nasceu pouco depois de ter caído o muro, na cidade do Porto. Publicou, em 2022, Placebos para a Travessia / Placebos for a Journey e lançará em breve um novo livro chamado Carvalhal. Conta com participações em várias revistas portuguesas e brasileiras (Eufeme, Subversa, revista LER, revista Ideia, Enfermaria6, Flanzine), sendo também de referir a participação nas antologias Pedro & Inês: palavras vivas, Poemário do Festival Silêncio, Voo Rasante, Poesia del Ahora: Voces de Portugal y Mexico, Wie man ein Wunder löscht – Neue Gedichte aus Portugal e, por fim, Teflon (??????).
É um dos membros fundadores da Reunião de Apócrifos Foragidos responsável pela revista Apócrifa – PLEC e por ciclos comoTerças de Poesia Clandestina e Nada Está Escrito Afinal.

Leave A Comment